Meu Bêbe - Alimentação e Amamentação
 

Amamentação

Os bebês de 0 a 4 meses de idade devem ser alimentados (se possível ) somente através de leite materno, o ideal seria se o bebê pudesse mamar exclusivamente do leite materno até os 6 meses, porém como a maioria das mães necessitam voltar a trabalhar, até os 4 meses já é bastante importante. O desmame deve ser feito gradativamente, substituindo primeiro por suco, depois papinha de frutas , até chegar na papinha salgada e no final do primeiro ano o bebê já deve ter experimentado vários tipos diferentes de frutas, legumes, carnes, etc...
Segundo a revista carta capital de 15/10/2002, a amamentação diminui o risco de câncer, sendo um dos principais fatores de proteção contra o câncer de mama. " Estudos realizados em Londres apontam a amamentação como um dos principais fatores de proteção contra o câncer de mama. Para cada ano de amamentação, há uma redução de 4% do risco das mães terem câncer de mama. Um grande incentivo às mulheres que ao amamentar, contribuem não só para o crescimento saudável do filho como para sua própria saúde".

Vantagens da alimentação natural para o bebê:
o bebe amamentado somente do leite materno é capaz de permanecer fisicamente forte; mentalmente inteligente e emotivamente feliz.
o colostro (é a primeira vacina que o bebê recebe, pois impede o bebê de ter varias infecções.
o cálcio do leite humano é melhor assimilado que o de vaca e o de remédios, o leite fica mais nutritivo.
não tem perigo de estar estragado.
a criança amamentada com o leite materno é uma criança natural, nunca obesa.
Segundo os pesquisadores os bebês que mamam no peito por mais tempo ficam mais inteligentes.
O leite materno, contém todos os nutrientes de que a criança precisa nos primeiros seis meses de vida ( não havendo necessidade de dar água ou chazinho)

Vantagens da alimentação natural para a mulher:
amamentar faz com que o útero volte ao tamanho natural mais facilmente.
quanto mais ela der a mama. mas leite ela ira produzir.
é raro uma mulher que amamentou ter câncer de mama.
amamentar não modifica a estética do seio.
A mãe que amamenta se sente mais segura e menos ansiosa
amamentar diminui o risco de osteoporose na vida madura
amamentando o seu peso voltará ou normal mais rapidamente

O Papel do Pai na Amamentação
A amamentação é um momento precioso na vida de um casal, que deve vivê-lo com harmonia e amor, para fortalecer o vínculo afetivo do trinômio mãe + filho + pai. Nesse momento, o pai deve estar atento a vários fatores que podem contribuir ou afetar negativamente a amamentação e seu relacionamento com esposa e filhos. 
Muitos pais sentem-se, de certa forma, excluídos do processo de amamentação pois, efetivamente, esses não amamentam o seu filho. Por outro lado, o pai deve entender que ele pode contribuir em muito nesse processo, não necessariamente amamentando, obviamente, mas procurando fazer a sua parte, seja dando apoio a sua esposa, tanto afetivamente quanto nos cuidados com o bebê, bem como encarregando-se de fazer várias outras coisas. O apoio do pai freqüentemente faz a diferença entre o sucesso da amamentação ou o seu fracasso, como o abandono precoce. Este apoio é ainda mais crucial quando se trata do primeiro filho. 
O pai é a pessoa ideal para ajudar a mãe na amamentação pois, em geral, ele é quem mais a conhece, sabe seus gostos, desejos, preocupações, enfim sabe "lidar" muito bem com sua mulher. Também, em geral, é no marido em que a mulher mais confia e tem apoio nos momentos difíceis.  
Os pais podem fazer coisas como : trocar fraldas, carregar o seu bebê até a mãe para que ela possa amamentá-lo, preparar comida e sucos para sua esposa (o que é muito importante para manter a mãe saudável para uma produção de leite adequada), dentre pequenas e simples atividades, antes realizadas pela mulher, agora envolvida exclusivamente em cuidar do recém-nascido.  
O pai deve dedicar também mais atenção aos demais filhos (se tiver) pois a mãe estará muito ocupada com o recém-nascido, e os demais filhos podem ficar com ciúmes, devendo o pai compensar isso. 
Tocar a criança, segurá-la, brincar, cantar, são tarefas que o pai deve fazer, estreitando os laços afetivos com o bebê.  
                
Quando a mãe voltar a trabalhar, deve armazenar o leite materno para que seja oferecido à criança na sua ausência. O pai deve aproveitar esta oportunidade e oferecer, ele mesmo, o leite materno à criança (leia sobre desmame e como coletar e armazenar o leite materno), passando a exercer um papel mais ativo na alimentação do seu filho. 
Pais menos experientes podem ajudar mais na amamentação se procurarem informações a respeito do assunto, seja através de livros, aulas e recursos on-line, ou mesmo conversando com amigos mais experientes, em conjunto com sua esposa, antes mesmo do bebê nascer. 

Alimentação do bebê
Esta estrutura alimentar vai depender da disponibilidade da mãe, do gosto da criança e principalmente do que o médico aconselhar que é melhor para a criança. Este cardápio é só para seguir de exemplo, sempre veja com o médico o que é mais aconselhável para cada bebê.

 

Cardápio alimentar para o primeiro ano de vida
  6 meses 7 e 8 meses 9 e 10 meses 11 e 12 meses
Manhã Leite materno Leite materno Leite materno Leite materno ou de vaca
Lanche da Manhã Suco de fruta Suco de fruta Suco de fruta Suco de fruta
Almoço Refeição salgada Refeição salgada Refeição salgada Refeição salgada ou Refeição da família
Lanche da Tarde Papa de fruta Papa de fruta Papa de fruta Fruta, Mingau ou pão com leite de vaca
Jantar Refeição salgada Refeição salgada Refeição salgada Refeição salgada ou Refeição da família
Noite Leite materno Leite materno Leite materno Leite materno ou de vaca

Receitas de Sucos
Cenoura com laranja
Bata no liquidificador o suco de duas laranjas lima ou pêra mais uma cenoura média. Se você tiver centrífuga, faça o suco da cenoura e depois misture com o de laranja.

Beterraba com caju
Descasque um caju médio e bata no liquidificador com meia beterraba pequena, sem a casca e os talos. Se necessário, acrescente 20 ml de água filtrada e fervida.

Uva com abacaxi
Separe dez uvas sem caroço e bata no liquidificador com uma rodela de abacaxi. Se necessário, acrescente 20 ml de água filtrada e fervida ou o suco de uma laranja.

Mamão especial
Bata no liquidificador o suco de duas laranjas, uma fatia média de mamão e meia maçã.

Maracujá com pêra
Bata no liquidificador a polpa de um maracujá com meia pêra, sem casca. Se necessário, acrescente 20 ml de água. Depois, coe o suco antes de servir.

Tomate com maçã
Escolha dois tomates médios maduros, tire as cascas e as sementes. Pique em pequenos pedaços e bata no liquidificador com 40 ml de água filtrada e fervida. Depois acrescente meia maçã, sem casca e sem caroço e bata mais um pouco.

Goiaba com laranja
Escolha uma goiaba madura, de preferência vermelha. Tire a casca e veja com cuidado se no interior da fruta não há bichinhos. Faça o suco de duas laranjas e bata no liquidificador com a goiaba.

Dica: Para aproveitar mais o suco de frutas como goiaba, maçã, pêra e de cenoura e beterraba, o melhor é processa-las na centrífuga. Se você não tiver esse acessório, use o liquidificador. Mas lembre-se de coar o suco antes de servi-lo.

Atenção! Sugerimos que a introdução de frutas e legumes seja feita com cautela, não ultrapassando 40 ml ao dia. Caso ocorram erupções, manchas, diarréia ou constipação ou outras alterações, não alimente mais o seu bebê com o novo ingrediente e procure orientação com o seu pediatra.

Receitas de Papinhas
Primeira Papinha
Ingredientes:
- batata, cenoura e chuchu
- temperos tais como salsa e cebola
- carne de vaca ou peito de frango cortado aos pedaços
- uma pitada de sal
- manteiga sem sal
Modo de fazer:
Lave bem a cenoura, a batatinha e o chuchu. ferva a água filtrada e coloque todos os ingredientes na panela para ficar bem macio, coloque o sal e a manteiga. Após cozida , amasse com um garfo. No inicio pode-se passar na peneira para tirar os pedaços maiores , com o passar dos meses vá acostumando o bebê ao ato da mastigação.
Dicas:
Depois que o bebê acostumar com a papinha comece a variar os legumes, sempre tentando colocar as cores verde,branca e vermelha. Acrescente também aos poucos hortaliças e vegetais. O ideal é iniciar a papinha quando o bebê estiver com 6 meses, mais no caso da mamãe ter que ir trabalhar terá que começar com 4 meses.

Obs.: Esta receita é uma receita padrão, para iniciar a papinha o pediatra é que deve informar qual o melhor momento e as melhores verduras. vai depender de cada criança. Deve ser observada se a criança vai ter alergia a um determinado legume ou não, é isto somente a mamãe e o pediatra poderão saber com certeza.
Sopinha de frango, beterraba e batata
Ingredientes :
- ½ filé de frango, picado
- 1 colher (sobremesa) de azeite de oliva
- 1 colher (chá) de cebola
- 1 batata grande, picada
- ½ beterraba média, ralada ( ou pode ser usada, abóbora ou cenoura)
- ½ colher (café) de sal

Modo de fazer :
Numa panela, aqueça o azeite e refogue a cebola picada e o frango. Acrescente a batata, a beterraba e o sal. Cubra com água. Tampe e cozinhe até que os ingredientes fiquem bem cozidos e com um pouco de caldo. Amasse com um garfo e ofereça à criança.


 
 
 

Copyright © 2008   Farmácia Herbanário Ltda. Todos os direitos reservados.